El cisne selvaje bailó para su gran maestro, Antonio Gaspar vivirás eternamente en mi danza!

Nanny Alves espetáculo "LLuna Plena de vida". Foto: José Gaya. dez/2014

Nanny Alves espectáculo «LLuna Plena de vida». Foto: José Gaya. dez/2014

Como dice una gran amiga cubana » Nanny la vida te hace cada cosa chica», el mismo día que recibía el alta tras parir mi hija hermosa recibí la noticia. Diez meses tuvieron que pasar para que pudiera escribir algo acerca de este vacío, pérdida inmensa para la danza maranhense y brasileña, de forma inesperada, repentina, partió para otro plano de existencia mi gran maestro Antonio Gaspar, a quien dedico esta entrada.

Antes das palavras veio à dança, oito meses depois consegui dançar, este cisne selvagem dançou para ti mestre, porque fostes tu que me entregastes as sapatilhas de ponta, esta dança nessa existência. Ensinastes com exemplo: respeitar a dança, humildade, desprendimento, apreender de tudo, até de uma luz de bicicleta na estrada escura de São Jose de Ribamar.

Saudade Gaspar, dói muito saber que fisicamente não vou mais te ver, que não poderei te abraçar e compartir alguma criação tua “maluca”, penso que arte se faz com ousadia e personalidade, a técnica se cria e recria mestre, saudade de dançar tua dança pequeno!

COITADINHA! Escuto tua voz na porta do meu camarim, tom irônico e provocador, método para conseguir um ensaio cheio de energia?

Muitas vezes fui rebelde, muito rebelde, mas sei perfeitamente que tua sensibilidade entendia a necessidade autentica dessa rebeldia, porque nunca deixaste de crer em mim, de apoiar incondicionalmente, mais uma vez MUITO OBRIGADA por me acolher! Ainda bem que te agradeci tantas vezes olhando nos olhos.

Nanny Alves y Antonio Gaspar intervalo de ensayo RJ. Foto: Etevaldo Jr 2003

Nanny Alves y Antonio Gaspar intervalo de ensayo RJ. Foto: Etevaldo Jr 2003

O que posso dizer mais de ti? Que foi um grandíssimo artista, um grande maestro e coreografo um ser humano de uma sensibilidade linda e especial. Também te confessei  ódio algumas vezes jajjajjajaj, isso  fez parte, te disse abertamente jjjajajjaa, pecava por sincera?

Poucas artistas neste mundo mundial e olha que já andei muito, tem este teu talento e sensibilidade de fazer tudo dançar. Que privilégio ter a oportunidade de compartilhar arte e vida contigo! Àurea, tua afilhada, já subiu no palco duas vezes, gostaria que vocês tivessem se conhecido fisicamente.  As palavras faltam, húmidos olhos, lembrar um tempo que não volta mais.

Foi maravilhoso, perturbador, intenso, e único!

DESCANSA EM PAZ ANTONIO QUERIDO!

Viverás eternamente em minha dança!

Foi AUTENTICO e LINDO!

Deja una respuesta

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s